Biografias BLOG DIA HOJE

Sophia Loren • 20 de Setembro de 1934 • Biografia

Atriz e cantora italiana. Começou sua carreira no cinema em 1950; desde os 15 anos apareceu em vários papéis menores, até ser contratada para cinco filmes pela Paramount Pictures. Ganhadora de Oscar, Globo de Ouro e outros prêmios. Estreou seu nome artístico em La Favorita, combinando seu nome com o sobrenome da atriz Märta Torén.

Sophia Loren

 

Sophia Loren, nome artístico de Sofia Constanza Brigida Villani Scicolone, (Roma, 20 de setembro de 1934) é uma atriz italiana.

Quando ainda era pequena, sua família transferiu-se para o município napolitano de Pozzuoli, onde viveu até a adolescência em uma situação econômica muito difícil.

Encorajada a tomar aulas de atuação após participar de um concurso de beleza, Loren começou sua carreira no cinema em 1950.

Aos 15 anos, apareceu em vários papéis menores até ser contratada para cinco filmes pela Paramount em 1956, lançando sua carreira internacional. 

Atuou em filmes notáveis como The Pride and the Passion, Houseboat, It Started in Naples.

‘Two Women’ – Duas mulheres, de 1961 – Os horrores da Segunda Guerra Mundial.

Sophia Loren ganhou fama internacional em 1962, quando recebeu o Oscar de Melhor Atriz pelo filme Duas mulheres, que também lhe rendeu o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes.

Ela detém o recorde de seis David di Donatello Awards de Melhor Atriz, o maior número já recebido, pelos filmes:

Sua carreira atingiu o auge em 1964, quando recebeu 1 milhão de dólares para estrelar o filme A Queda do Império Romano.[2]

Daniela Mercury, Elba Ramalho, Mara Maravilha, Sophia Loren, Xuxa Meneguel e Camila Pitanga.

Além do Oscar, ela ganhou um Grammy Award, cinco Globos de Ouro especiais, um Bafta, o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes, e o Oscar Honorário em 1991.

Em 1995, ela recebeu o Prêmio Cecil B. DeMille pelas realizações ao longo da vida.

Em 1999, Sophia Loren foi reconhecida como uma das 25 maiores lendas do cinema norte-americano do sexo feminino na pesquisa do American Film Institute, da AFI’s 100 Years…100 Stars.[3]

Depois de constituir família no início dos anos 70, Loren passou a dedicar menos tempo a sua carreira de atriz e optou por fazer apenas aparições em filmes ocasionais. Nos últimos anos, ela ainda apareceu em filmes americanos como Grumpier Old Men e Nine.

Sophia Loren interpreta Cleópatra em 1953.

Biografia

 

Loren nasceu Sofia Villani Scicolone na Clinica Regina Margherita em Roma, Itália.

Os pais de Loren tiveram outra filha, sua irmã Maria, nascida no ano de 1938, alem de ter dois meio-irmãos paternos, Giuliano e Giuseppe.

Carreira

 

1950-1957 (Começos e estrelato em Hollywood )

Quando ela tinha 14 anos, Sofia entrou em um concurso de beleza , Miss Italia 1950 e, apesar de não ganhar, foi selecionada como uma das finalistas. [10]

Mais tarde, se matriculou em aulas de teatro e foi selecionada como uma extra, creditada no filme de Quo Vadis (1951), com a idade de 15 anos.

Em 1951, ela também apareceu no filme italiano “Lui Era … si! sì!’, onde ela interpretou uma odalisca, sendo creditada profissionalmente como Sofia Lazzaro.[11]

Ela apareceu em vários pequenos papéis no início da década.

Começou a usar seu nome artístico atual em La Favorita (1952). O novo nome, foi uma junção, combinando seu nome, com o sobrenome da atriz suíça Märta Torén.

Seu primeiro papel foi em Aida (1953), pelo qual recebeu elogios da crítica.

Depois de fazer o papel principal em ‘Duas noites com Cleópatra’ (1953), seu primeiro papel de destaque, trabalhou então, em ‘O Ouro de Nápoles’ (1954), dirigido por Vittorio de Sica.

Fama Internacional

Loren tornou-se uma estrela do cinema internacional após seu contrato de cinco filmes com a Paramount Pictures em 1958.

Elvis Presley e Sophia Loren, na cafeteria dos estúdios da Paramount. Se conheceram por acaso, e ficaram rindo e tirando fotos, pelo fato de serem duas das maiores celebridades da época, com quem todos os homens e mulheres gostariam de ficar. Palavras da própria Sophia – foi uma momento único.

Entre seus filmes neste momento foram Desire Under the Elms com Anthony Perkins. [12]

Em 1961, ela estrelou com Vittorio De Sica, Two Women, que conta a história de uma mãe que está tentando proteger a filha de 12 anos, numa Itália devastada pela guerra.[13]

As duas acabam sendo estupradas dentro de uma igreja enquanto viajam de volta à sua cidade natal.

O Desempenho de Loren lhe rendeu vários prêmios, incluindo o prêmio do Festival de Cinema de Cannes de melhor atriz, e um Oscar de Melhor Atriz, o primeiro prêmio da Academia para uma atriz em um filme não falado em inglês.

Ao todo, Loren ganhou 22 prêmios internacionais por Two Women.[14]

Durante os anos 1960, Loren foi uma das atrizes mais populares do mundo, e continuou a fazer filmes nos Estados Unidos e na Europa.[15]

Em 1964, sua carreira atingiu o seu auge quando ela recebeu US $ 1 milhão para aparecer em A Queda do Império Romano.

Em 1965, ela recebeu uma segunda indicação ao Oscar por sua atuação em Marriage Italian Style.[16]

Sophia Loren e Cary Grant.

Entre os filmes mais conhecidos de Loren deste período estão El Cid (1961), com Charlton Heston, The Millionairess (1960), com Peter Sellers, Começou em Nápoles (1960), com Clark Gable , Hoje e Amanhã (1963), com Marcello Mastroianni, Lady L (1965), com Paul Newman, dentre outros. [17]

Sophia Loren e Charlton Heston, em ‘El Cid’.

1970-1988

Loren trabalhou menos depois que se tornou mãe.

Durante a década seguinte, a maior parte de seus papéis foram em filmes italianos.[18]

Fez também, com Richard Burton, o filme A Viagem (1974), e um remake do filme Breve Encontro (1974).

Em 1977, ela co- estrelou com Marcello Mastroianni ‘Um Dia Especial’ (1977).[20]

Este filme foi indicado a 11 prêmios internacionais, dentre eles, dois Oscars (melhor ator principal, a melhor imagem externa).[21]

Ganhou um Globo de Ouro e um prêmio César de melhor filme estrangeiro.

O desempenho de Loren mereceu um Prêmio David diDonatello, o sétimo de sua carreira.[22]

O filme foi extremamente bem recebido pelos críticos americanos e tornou-se um sucesso de bilheteria.[23][24]

Em 1980, após o sucesso internacional de sua biografia em livro, foi lançado a versão cinematográfica de sua vida e carreira.[27]

Carreira Posterior

Em 1991, Loren recebeu o Oscar Honorário por suas contribuições para o cinema mundial e foi declarada como “um dos tesouros do cinema mundial”.[8][31] Em 1995, ela recebeu o Globo de Ouro Cecil B. DeMille. [32]

Ao longo dos anos 1990 e 2000, Loren foi bastante seletiva em relação à escolha de seus filmes, e se aventurou em várias áreas de negócio, incluindo livros de receitas, óculos, jóias e perfumes.

Ela recebeu uma indicação ao Globo de Ouro por sua atuação em Ready to Wear (1994), co-estrelado por Julia Roberts.[33]

No 20º Festival Internacional de Cinema de Moscou, em 1997, ganha o Prêmio de Honra por contribuição ao cinema.[34]

Em 1999, o American Film Instituto, elegeu Loren como uma das maiores estrelas femininas da Idade de Ouro do cinema de Hollywood.

Em 2001, Loren recebeu um Grand Prix Especial do Prêmio Américas no Festival de Cinema de Montreal Mundial por seu trabalho. [35]

Filmografia

Ano Titulo Papel Notas
1950 Io sono il capataz Secretária do ditador  
Le Sei mogli di Barbablù Garota raptada  
Tototarzan A tarzanide  
Il voto    
Hearts at Sea Extra  
1951 White Leprosy Uma garota na pensão  
Owner of the Vapor Ballerinetta  
Milano miliardaria Extra  
Magician for Force A noiva  
Quo Vadis Escrava de Lígia Não creditada
Era Lui!… Si! Si! (It Was Him!… Yes! Yes!) Odalisca creditada como Sofia Lazzaro  
Anna Assistente de clube noturno Não creditada
1952 È arrivato l’accordatore Amiga de Giulietta  
Il Sogno di Zorro Conchita Como Sofia Scicolone
The Favorite Leonora  
1953 The Country of the Campanelli Bonbon  
Pilgrim of Love    
We Find Ourselves in the Gallery Marisa  
Two Nights with Cleopatra Cleópatra/Nisca  
Girls Marked Danger Elvira  
Good Folk’s Sunday Ines  
Aida Aida  
Africa Under the Seas Barbara Lama  
1954 Neapolitan Carousel Sisina  
Un giorno in pretura Anna  
The Anatomy of Love The girl  
Poverty and Nobility Gemma  
The Gold of Naples Sofia Segmento “Pizze a Credito”
Attila Honoria  
Too Bad She’s Bad Lina Stroppiani  
1955 The Sign of Venus Agnese Tirabassi  
The Miller’s Beautiful Wife Carmela  
The River Girl Nives Mongolini  
Scandal in Sorrento Donna Sofia  
1956 Lucky to Be a Woman Antonietta Fallari  
1957 Boy on a Dolphin Phaedra  
The Pride and the Passion Juana  
Legend of the Lost Dita  
1958 Desire Under the Elms Anna Cabot  
The Key Stella  
The Black Orchid Rose Bianco  
Houseboat Cinzia Zaccardi  
1959 That Kind of Woman Kay  
1960 Heller in Pink Tights Angela Rossini  
It Started in Naples Lucia Curio  
The Millionairess Epifania Parerga  
A Breath of Scandal Princesa Olympia  
Two Women Cesira  
1961 El Cid Chimena  
Madame Sans-Gêne,a.k.a., “Madame” Catherine Hubscher  
1962 Boccaccio ’70 Zoe “La Riffa”
The Prisoners of Altona    
Five Miles to Midnight Lisa Macklin  
1963 Yesterday, Today and Tomorrow Adelina Sbaratti/Anna Molteni/Mara  
1964 The Fall of the Roman Empire Lucilla  
Marriage Italian-Style Filumena Marturano  
1965 Operation Crossbow Nora  
Lady L Lady Louise Lendale  
1966 Judith Judith  
Arabesque Yasmin Azir  
1967 A Countess from Hong Kong Natasha  
More Than a Miracle Isabella Candeloro  
1968 Ghosts – Italian Style Maria Lojacono  
1970 Sunflower Giovanna  
1971 Lady Liberty Maddalena Ciarrapico  
The Priest’s Wife Valeria Billi  
1972 Man of La Mancha Aldonza/Dulcinea  
1973 The Sin Hermana Germana  
1974 The Voyage Adriana de Mauro  
Verdict Teresa Leoni  
Brief Encounter Anna Jesson  
1975 Sex Pot Pupa  
1976 The Cassandra Crossing Jennifer Rispoli Chamberlain  
1977 A Special Day Antoinette  
1978 Blood Feud Titina Paterno  
Brass Target Mara  
Angela Angela Kincaid  
1979 Firepower Adele Tasca  
1980 Sophia Loren: Her Own Story    
1984 Aurora Aurora  
1986 Courage Marianna Miraldo  
1988 The Fortunate Pilgrim Lucia minissérie
1989 Running Away Cesira minissérie
1990 Saturday, Sunday and Monday Rosa Priore  
1994 Prêt-à-Porter Isabella de la Fontaine  
1995 Grumpier Old Men Maria Sophia Coletta Ragetti  
1997 Soleil (1997 film) (fr) Maman Levy  
2001 Francesca e Nunziata Francesca Montorsi minissérie
2002 Between Strangers Olivia  
2004 Too Much Romance… It’s Time for Stuffed Peppers Maria  
Lives of the Saints Teresa Innocente minissérie
2009 Nine Mamma  
2010 My House Is Full of Mirrors Romilda Villani mini serie
2011 Cars 2 Mama Topolino Voz; versões internacionais
2013/14 La Voce Umana  

Premiações

Sophia Loren com o marido, Carlo Ponti e os filhos, Carlo Jr. e Edoardo Ponti.

Vida Pessoal

Loren conheceu Carlo Ponti, Sr. em 1950, quando tinha 16 anos e ele, 37 anos.

Casaram-se em 17 de setembro de 1957.

No entanto, Ponti ainda estava oficialmente casado com sua primeira esposa, Giuliana.

O casal teve que anular o casamento 1962, para escapar das acusações de bigamia. [28]

Sophia Loren com o marido, Carlo Ponti.

Em 1965, Ponti obteve um divórcio de Giuliana na França, permitindo que ele se case com Loren, em 9 de abril de 1966. [29]

O casal ganhou a cidadania francesa depois que seu pedido foi aprovado pelo então presidente francês Georges Pompidou . [30] [31]

Sophia Loren com o marido, Carlo Ponti e os filhos, Edoardo Ponti e Carlo Jr.

Eles tiveram dois filhos:

Sophia Loren em 1962, 1986 e 2014.

CITAÇÃO

Sophia Loren – Cuide do emocional e veja o reflexo


“Beleza é a forma como você se sente por dentro, e isso reflete em seus olhos. Não é uma coisa física.”

Sophia Loren / Fonte: Kd Frases

Sophia Loren

Sofia Constanza Brigida Villani Scicolone

(Roma, 20 de setembro de 1934)

18 de Outubro • Dia Hoje • Edição 2021

Dia do Médico, do Pintor e do Estivador ♥ Aniversário de Padre Manuel da Nóbrega • Heinrich Schütz • Benjamin Constant • Henri Bergson • Norberto Bobbio • Grande Otelo • Chuck Berry • Nelson Freire • Martina Navratilova • Jean-Claude Van Damme • Alex Barros ♦ ÓBITOS • Thomas Edison • José Ortega y Gasset • Roquette-Pinto • Lucky Dub

Hortência Marcari • 23 de Setembro de 1959 • Biografia

Ex-jogadora de basquetebol brasileira e comentarista esportiva. Considerada uma das maiores atletas femininas de todos os tempos. Entrou para o Hall da Fama do Basquetebol Feminino dos EUA, em 2002. Hortência é a maior pontuadora da história da seleção, com 3.160 pontos, marcados em 127 partidas oficiais, média de 24,9 pontos/partida

Ronaldo Fenômeno • 22 de Setembro de 1976 • Biografia

Empresário e ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante, amplamente reconhecido como um dos melhores futebolistas de todos os tempos. Foi eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA em 1996, 1997 e 2002. Foi o grande nome do pentacampeonato do Brasil, na Copa do Mundo FIFA de 2002

Daniele Suzuki • 21 de Setembro de 1977 • Biografia

Atriz e apresentadora de televisão brasileira. Descendente de japoneses, alemães, italianos e indígenas. Participou do seriado Sandy e Junior, e da Malhação. Apresentou o programa Pé no Chão, do Multishow. Tem trabalhos também no cinema e musicais de teatro. Foi a segunda colocada no quadro “Dança no Gelo 2” do Domingão do Faustão

Paulo Freire • 19 de Setembro de 1921 • Biografia

Educador, pedagogo e filósofo brasileiro. É considerado um dos pensadores mais notáveis da pedagogia mundial, tendo influenciado muitos movimentos. Destacou-se na área da educação popular, com a escolarização e formação de consciência política. Foi o brasileiro mais homenageado da história, com 29 títulos de Doutor Honoris Causa

Greta Garbo • 18 de Setembro de 1905 • Biografia

Atriz sueca. Foi eleita pelo Instituto Americano de Cinema como a quinta maior lenda da história da sétima arte. Apesar de sua carreira meteórica, Garbo era misteriosa e solitária, só concedendo quatorze entrevistas durante toda a vida. Em sua carreira, Garbo só compareceu a uma première. Para muitos, a maior atriz de todos os tempos

Negra Li • 17 de Setembro de 1979 • Biografia

Cantora, compositora, rapper e atriz brasileira. Solista do coral da Universidade de São Paulo, ela estuda música e piano e é considerada uma das principais cantoras com sua bela voz de contralto. Em 2006, estrelou o filme ‘Antônia’, que no ano seguinte, virou um seriado homônimo na TV Globo. Premiada pelo Video Music Brasil e o Hutúz

0 comentário em “Sophia Loren • 20 de Setembro de 1934 • Biografia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: