ACONTECIMENTOS DO DIA BLOG Cidades DIA HOJE

Teófilo Otoni (MG) • Aniversário • 7 de Setembro de 1853

Município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais. Sua população era de 141 934 habitantes, em 2017, sendo então o 18º mais populoso do estado. A sede tem uma temperatura média anual de 23 °C e na vegetação predomina o cerrado, com algumas ocorrências de Mata Atlântica. O seu IDH é de 0,701, considerado alto em relação ao estado

Teófilo Otoni – MG

7 de setembro de 1853

teofilootoni.mg.gov.br

Teófilo Otoni é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país.

Sua população foi estimada em 2017 em 141 934 habitantes, sendo então o 18º mais populoso do estado.

Pertence à Mesorregião do Vale do Mucuri e Microrregião de Teófilo Otoni e localiza-se a nordeste da capital do estado, distando desta cerca de 450 km.

Ocupa uma área de 3 242,818 km², sendo que 19,62 km² estão em perímetro urbano.[5] 

A sede tem uma temperatura média anual de 23 °C e na vegetação do município predomina o cerrado, com algumas ocorrências de Mata Atlântica.

Com 82% da população vivendo na zona urbana, a cidade contava, em 2009, com 74 estabelecimentos de saúde.

O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,701, considerando-se como alto em relação ao estado.[7]

Pedra da lajinha — Teófilo Otoni (MG)

A região começou a ser desbravada no decorrer do século XVI, em expedições que visavam a encontrar ouro e diamante na região, porém somente em 1853 é que chega ao lugar a chamada “Companhia de Comércio e Navegação do Mucuri”, que tinha objetivo de povoar o Vale do Mucuri e era comandada por Theophilo Benedicto Ottoni.

Este fundou o núcleo pioneiro à margem do rio Todos os Santos no dia 7 de setembro daquele ano.

Tendo recebido uma considerável quantidade de imigrantes, principalmente alemães, com o passar do tempo o município descobriu sua vocação econômica para a exploração de pedras preciosas, sendo considerada hoje a “Capital Mundial das Pedras Preciosas”.

Monumento da Praça Germânica — Teófilo Otoni (MG)

Além de se destacar no setor de exploração mineral, Teófilo Otoni também possui alguns atrativos turísticos de valor cultural ou histórico, como o Prédio da CEMIG, que releva-se pela sua arquitetura e história, tendo sido fundado em 29 de fevereiro de 1928, a  Praça Germânica, onde o prédio situa-se, que foi construída em homenagem à imigração alemã na cidade; e a Igreja Matriz.

Igreja Matriz — Teófilo Otoni (MG)

Também há eventos de relevância regional ou mesmo nacional e internacional, como a Feira Internacional de Pedras Preciosas (FIPP), a Festa da Descendência Alemã e o Festival de Teatro de Teófilo Otoni (FESTTO).

História

Origens e pioneirismo

As terras do atual município de Teófilo Otoni começaram a ser desbravadas ainda no século XVI, em expedições que visavam a encontrar ouro e diamante na região. Nas décadas seguintes destacaram-se as de Sebastião Fernandes Tourinho (1573) e Antônio Dias Adorno(1580), sendo que ambas contribuíram para que fosse feito um “mapeamento” da região.[10] O lugar continuou desabitado até o começo da década de 1750, quando afixa-se o mestre de campo João da Silva Guimarães. Na mesma época também é construída, a mando de Antônio José Coelho, a Fazenda Mestre Campota; hoje sede da Colônia Francisco Sá, que reúne colonos nacionais, alemães, austríacos e outros.[10]

Monumento da Praça Tiradentes — Teófilo Otoni (MG)

Com as terras originalmente ligadas à antiga Comarca do Serro Frio e depois ao município de Minas Novas, a história do município liga-se à história de seu fundador, Theophilo Benedicto Ottoni, que, após renunciar ao seu mandato de deputado, iniciou a colonização do Vale do Mucuri com a fundação da chamada “Companhia de Comércio e Navegação do Mucuri”, em 1847.[10] Para marcar o encontro das duas grandes expedições que partiram em direções diversas, foi fundado, em 7 de setembro de 1853, o núcleo pioneiro, à margem do rio Todos os Santos, denominado Filadélfia, em homenagem à cidade homônima (dado o rápido desenvolvimento alcançado por esta).[10]

O dia da fundação do povoado foi marcado pelo alinhamento da primeira rua; uma rua plana e reta, no rumo norte-sul, batizada primeira rua de Filadélfia, hoje também conhecida como Rua Direita e oficialmente como Avenida Getúlio Vargas.[10] Nos anos a seguir se destacaram as melhorias na infraestrutura e crescimento do comércio; em 1854 foram construídos grandes armazéns e em 1858 foram abertas estradas ligando povoados. Em 1856 chegam os primeiros descendentes de alemães e suíços, vindos através de anúncio publicado na Alemanha convocando colonizadores que teriam amparo por parte da “Companhia Mucuri”; que muito colaboraram na construção das estradas. A estrada ligando Filadélfia ao povoado de Santa Clara foi a primeira rodovia do interior do Brasil, tendo sido inaugurada em agosto de 1857, tinha cerca de 170 km e trafegavam por ela uma média anual de 40 carros particulares puxados por bestas, 200 carros de boi e 400 lotes de burros (1859).[10]

Panorâmica da cidade — Teófilo Otoni (MG)

Evolução administrativa e história recente

Àquela época estimava-se uma população de cerca de 600 habitantes e 130 domicílios, sendo que muitos saíam da cidade em decorrência dos constantes problemas com epidemias de doenças tropicais e ataques dos índios botocudos.[10] Do povoado de Filadélfia, fundado oficialmente em 7 de setembro de 1853, foi criada a freguesia com a denominação de Nossa Senhora da Conceição da Filadélfia, pela lei provincial nº 808, de 3 de julho de 1857. Pela lei provincial nº 2486, de 9 de novembro de 1878, é criada a vila com o nome de Teófilo Otoni, em homenagem a Theophilo Benedicto Ottoni, tendo se desmembrado de Minas Novas.[11]

Nos anos seguintes ocorreram a criação e emancipação de vários distritos de Teófilo Otoni. Atualmente restam seis, sendo eles: Crispim Jaques, Mucuri, Pedro Versiani, Rio Pretinho, a Sede e Topázio. A última alteração territorial ocorreu pela lei estadual nº 10703, de 27 de abrilde 1992, quando emancipou-se o distrito de Frei Gonzaga (atual cidade de Novo Oriente de Minas).[11]

No decorrer do século XX a cidade continuou a se destacar no ramo da extração de pedras preciosas, sendo reconhecida hoje como a “Capital Mundial das Pedras Preciosas”.[12] Sedia anualmente feiras e exposições do ramo e atrai ainda mercado consumidor de outros países, sendo que o uso de recursos tecnológicos tem sido cada vez mais aplicado na extração dos minerais.[13] Estando situada nordeste do estado de Minas Gerais, no Vale do Mucuri, é considerada como centro macro- regional.[14]

Locomotiva da Praça Tiradentes — Teófilo Otoni (MG)

Geografia

A área do município, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é de 3 242,818 km², sendo que 19,62 km² constituem a zona urbana e os 3 223,19 km² restantes constituem a zona rural. [5] Situa-se a 17°51’27” de latitude sul e 41°30’19” de longitude oeste[5] e está a uma distância de 450 quilômetros a nordeste da capital mineira. Seus municípios limítrofes são Novo Oriente de Minas, a norte; Pavão, a nordeste; Carlos Chagas, a leste; Ataleia, a sudeste; Frei Gaspar, a sul; Itambacuri, a sudoeste; Poté e Ladainha, a oeste; e Itaipé e Catuji, a noroeste.[3]

Relevo e hidrografia

O relevo do município de Teófilo Otoni é predominantemente montanhoso. Aproximadamente 60 % do território teófilo-otonense é coberto por mares de morros e montanhas, enquanto em cerca de 30 % há o predomínio de terrenos ondulados, e os 10 % restantes são lugares planos.[15] A altitude máxima encontra-se na divisa com o município de Novo Oriente de Minas, que chega aos 1 138 metros, enquanto que a altitude mínima está na foz do Córrego São Julião, com 366 metros.[3] O solo é rico em gemas, sendo possível encontrar diversas variedades como águas marinhas, topázios, ametistas, crisoberilos e turmalinas.[15]

O território é banhado por vários pequenos rios e córregos, sendo os principais o Rio Todos os Santos, o Rio Marambaia, o Ribeirão Poton e o Córrego São Julião.[3][15] A cidade faz parte da bacia do Rio Mucuri, que se estende por outros 16 municípios e está incluída na bacia agrupada do Atlântico Leste. [16] Apesar da realização de obras de melhorias, tais como pavimentação de ruas e construção de barragens,[17] no período chuvoso ainda são registradas grandes enchentes causadas pelo excesso de lixo nos cursos dos córregos e ribeirões do perímetro urbano municipal.[18]

Clima

O clima teófilo-otonense é caracterizado, segundo o IBGE, como tropical quente semiúmido, ou tropical com estação seca (tipo Aw segundo Köppen),[20] tendo temperatura média anual de 23 °C com invernos secos e amenos e verões chuvosos com temperaturas elevadas.[21][22]

Comércio no centro da cidade — Teófilo Otoni (MG)

Economia

O produto interno bruto (PIB) de Teófilo Otoni é um dos maiores de sua microrregião, destacando-se na área de prestação de serviços. De acordo com dados do IBGE, relativos a 2010, o PIB do município era de R$ 1 281 417 mil. 113 053 mil eram de impostos sobre produtos líquidos de subsídios a preços correntes.[62] O PIB per capita é de R$ 9 510,79.[62]

Transportes

Até a década de 1960 Teófilo Otoni possuía transporte ferroviário de passageiros, sendo atendida pela Estrada de Ferro Bahia e Minas. A estação da cidade foi inaugurada em 3 de maio de 1898, porém foi fechada em 1966, com o desativamento da ferrovia.

Terminal Rodoviário – Teófilo Otoni (MG)

No lugar foi construído o terminal rodoviário,[94] que desde 2003 é administrado pela prefeitura.

Nele circulam diariamente uma média de cerca de 600 passageiros, e em maio de 2012 era atendido por 12 linhas de ônibus para diversas cidades do estado de Minas Gerais e do Brasil, operando em 20 plataformas de embarque e desembarque.[95]

O município é cortado por três rodovias federais e duas estaduais: BR-116, BR-342, BR-418, MG-217 e MG-409.[3][96][97]

Aeroporto da cidade — KK – Kemil Kumaira – Teófilo Otoni (MG)

Também há um aeroporto, o Aeroporto Kemil Kumaira, inaugurado em 22 de dezembro de 1987 e, mais tarde, em 1997 recebeu balizamento e iluminação para pousos noturnos.[3]

OUTRAS CIDADES ANIVERSARIANTES

Dados do IBGE

Aiuaba (CE)

Bicas (MG)

Cataguases (MG)

Coromandel (MG)

Ibiá (MG)

Ibiraci (MG)

Ipanema (MG)

Itabirito (MG)

Itanhandu (MG)

Jaú do Tocantins (TO)

Luz (MG)

Manga (MG)

Matias Barbosa (MG)

Mesquita (MG)

Miraí (MG)

Pindoretama (CE)

Sapucaia (RJ)

Teófilo Otoni (MG)

18 de Setembro • Dia Hoje • Edição 2021

Dia do Chile e do Doador de Medula Óssea ♥ Aniversário de Feira de Santana (BA) • Jada Smith • Greta Garbo • Jean Foucault • Sinhô • Oswaldo Brandão • Eloísa Mafalda • D. D. Ramone • Sérgio Britto • James Gandolfini • Arthur Nory ♣ ÓBITOS • Jimi Hendrix • Henriqueta Brieba ♦ FATOS • Capitólio • Chile • NYT • América • CBS • TV Tupi

Feira de Santana (BA) • Aniversário • 18 de Setembro de 1833

Município brasileiro do estado da Bahia. Está a 108 Km da capital, Salvador. Sua população é de 624.107 habitantes (2021). Seu IDH é de 0,712 — alto. Feira de Santana foi a primeira cidade da América Latina a ter um plano diretor. E é o principal centro urbano, político, educacional, tecnológico, econômico, cultural e comercial do interior da Bahia

Alvorada (RS) • Aniversário • 17 de Setembro de 1965

Município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Sua população é de 207.392 habitantes. Pertence à Grande Porto Alegre, está a 21 Km da capital. Seu IDH é de 0,768 — alto. O limite natural de Alvorada e Porto Alegre é o Arroio Feijó, um afluente do Rio Gravataí. Possui quatro instituições de ensino superior

Ituiutaba (MG) • Aniversário • 16 de Setembro de 1901

Município do interior do estado de Minas Gerais. Sua população, de acordo com estimativas de 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE), era de 105.255 habitantes. O município teve vários nomes no decorrer de sua história. Seu IDH é de 0,739 — alto. Ituiutaba tem quatro universidades

Ponta Grossa (PR) • Aniversário • 15 de Setembro de 1823

Município brasileiro localizado no centro do estado do Paraná, distante 103 quilômetros da capital Curitiba. Tem uma população estimada de 355.336 habitantes (2020). Seu IDH é de 0,763 — alto. É o maior parque industrial do interior e o principal entroncamento rodoferroviário do estado

Viamão (RS) • Aniversário • 14 de Setembro de 1741

Município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Sua população é de 256.302 habitantes (2020). Seu IDH é de 0,808 — muito alto. Viamão está a 25 quilômetros de Porto Alegre, capital do estado. O município oferece vários locais de interesse ecológico e de turismo, como o Parque Estadual de Itapuã

Uruará (PA) • Aniversário • 13 de Setembro de 1987

Município brasileiro do estado do Pará. Possui uma população estimada de 44.370 habitantes. Seu IDH é de 0,589 — baixo. Clima equatorial, típico da Amazônia, possibilitando viagens e passeios em todos os períodos do ano. A cidade possui balneários e diversas corredeiras d’água, com temperaturas médias de 32 °C

0 comentário em “Teófilo Otoni (MG) • Aniversário • 7 de Setembro de 1853

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: