BLOG DIA HOJE Países

Dia de Trinidad e Tobago • 31 de Agosto de 1962 • Independência

Quando Trinidad foi explorada por Colombo, em 1498, era habitada pelos Arawaks. Índios caribenhos habitavam Tobago. Trindad permaneceu sob posse espanhola, até que foi cedido à Grã-Bretanha em 1802, e Tobago em 1814. Em 31 de agosto de 1962, Trinidad e Tobago tornaram-se independentes e, em agosto de 1976 uma república

Cidade mais populosa

Chaguanas

Governo

República parlamentarista unitária

Independência

do Reino Unido 

 – Data

30 de agosto de 1962 

Área

5.131 km² (171.º)

 – Água (%)

 Fronteira

PIB

US$ 44,65 bilhões (110.º)

 – Per capita

US$ 32,520 (36.º)

IDH (2019)

0,796 (67.º) – alto

Fuso horário

(UTC-4)

Cód. Internet

.tt

Cód. telef.

+1-868

REPÚBLICA DE TRINIDAD E TOBAGO

Capital PORTO DA ESPANHA

Língua INGLÊS

População 1.353.895

Moeda DÓLAR DE TRINIDAD E TOBAGO TTD

Clima TROPICAL

 

FONTE

WIKIWAND

República de Trindade e Tobago (em inglês: Republic of Trinidad and Tobago), é um Estado soberano insular das Caraíbas (Caribe em português brasileiro) situado ao largo da costa nordeste da Venezuela e a sul de Granada, nas Pequenas Antilhas. Faz fronteira marítima com os Barbados a nordeste, com a Guiana a sudeste, e com a Venezuela a sul e a oeste.[10][11] Situa-se na confluência do mar das Caraíbas com o oceano Atlântico.

O país tem uma área de 5 128 km²[12] e consiste nas ilhas de Trindade (ou Trinidad), Tobago e numerosos ilhéus. A ilha da Trindade é a maior e mais povoada, representando 94% da área do total e 96% do total de habitantes.

As duas ilhas são de clima tropical e terreno montanhoso. A sua localização permite-lhe evitar a chamada “cintura de Furacões”, região propensa à ocorrência do fenómeno nas Caraíbas. A principal cidade da ilha de Trindade é a capital do país, Porto da Espanha (ou Port of Spain) enquanto que a cidade principal da ilha de Tobago é Scarborough. Com mais de um milhão de habitantes, Trindade e Tobago é o país com a segunda maior população de língua inglesa na região, depois da Jamaica.

A ilha de Trindad foi colônia espanhola desde a chegada de Cristóvão Colombo em 1498 até 1797. Ao longo do século XVI, a Espanha demonstrava pouco interesse por essa região uma vez que, sua prioridade nesse momento era a extração de minerais preciosos como ouro e a prata. Até o século XVIII a economia de Trindade foi marcada pelo cultivo de tabaco, cacau, e mão de obra indígena. A ilha experimentou algumas tentativas ineficazes de implementação de plantações de tabaco e cacau nos séculos XVII E XVIII, que embora abriram certa procura pelo tráfico de africanos escravizados não obteve sucesso no período de domínio espanhol.

A configuração de Trindade começa a mudar com a “Cedula de Poblacion” decretada em 1780 pelo rei espanhol. Nesse momento é aberta a imigração para as nações amigas, que é marcada pela intensa chegada de fazendeiros franceses juntamente com escravizados de suas antigas fazendas. É importante destacar, que essa imigração foi fomentada pela Revolução Francesa (1789) e pela revolução do Haiti (1791). Isso explica a existência de uma poderosa classe de proprietários rurais francófonos numa ilha que nunca pertenceu à França.

Por conta da sua localização, Trindade despertava o interesse Inglês, dada sua proximidade com as demais colônias espanholas com a qual o império mantinha comércio. Em fevereiro de 1797 o império inglês apodera-se de Trindade.

No que se refere a composição demográfica da ilha no período sequente ao domínio britânico, pode-se dizer que a população da colônia é composta majoritariamente por pessoas escravizadas. O censo de 1803 (Hollis Chalkdust) aponta que em poucos anos a colônia recebeu um número acentuado de africanos escravizados e a predominância francesa se dava tanto entre brancos quanto entre “pessoas livres de cor” – Essa configuração população terá implicações na Revolta do Canboulay. No inicio do século XIX o número de pessoas “livres de cor” é maior que o número de brancos e a predominância francesa se dava tanto entre brancos quanto entre “pessoas livres de cor”.

Na primeira metade do século XIX, Trindade e Tobago esteve mergulhada nos debates que tinham como ponto central a abolição do trafico de africanos e do sistema escravista.

A abolição definitiva da escravidão em Trindade foi em 1838. Nesse período que segue a pós-emancipação se fortalecem os debates sobre trabalho livre e cidadania. Dessa maneira, a chegada de milhares de imigrantes em busca de melhores condições de vida e oportunidade de trabalho vindos das demais ilhas caribenhas seguiam das diversas políticas de incentivo da administração colonial. No pós-abolição intensas transformações sociais eclodirão em Trindade e alcançaram principalmente a população negra no que concerne ao enfrentamento desses com as autoridades coloniais.

Trindade, e também Tobago, foram cedidas ao Reino Unido em 1802 de acordo com o tratado de Amiens.[13] O país obteve a sua independência em 1962, tornando-se posteriormente uma república em 1976. Ao contrário do que acontece com a maioria dos países anglófonos das Caraíbas, a economia trinitária é principalmente industrial,[14] com ênfase nas indústrias petrolífera e petroquímica. Atualmente, o território atrai investimentos externos e apresenta uma economia florescente, almejando tornar-se um “Tigre do Caribe”, a exemplo dos chamados Tigres Asiáticos.

A sua capital, Porto da Espanha (ou Port of Spain em inglês), é a favorita para sediar o secretariado-geral da Área de Livre Comércio das Américas (ALCA).

Trindade e Tobago é conhecido pelo seu Carnaval e por ser o país de origem do tambor de aço,[15] dos estilos musicais calipso,[16][17] soca, chutney e da dança do limbo.

História

Em 1498, Cristóvão Colombo chega a Trindade e Tobago.

Depois ocupada pelos holandeses, logo é tomada pelos espanhóis em 1632.

Em 1802, os ingleses conquistam as ilhas, mas 12 anos depois, em 1814 é cedida ao Reino Unido. As ilhas de Tobago passam a constituir uma colônia apenas em 1888.

O jornalista e escritor português Ferreira Fernandes afirma no seu livro Madeirenses Errantes que alguns madeirenses protestantes, radicados em Trindade e Tobago após a sua expulsão de Portugal por motivos religiosos, se encontram entre os principais responsáveis pela revolução que se deu neste país.

Em 1962 o país tornou-se oficialmente independente.

15 de Agosto • Dia Hoje • Edição 2021

Dia da Independência da Coreia, da Índia e do Congo-Brazzaville ♥ Aniversário da cidade de Sorocaba (SP) • Glória Maria • Bernardo Guimarães • Óscar Romero • Oscar Peterson • Leandro • Melinda Gates • Carla Daniel • Sérgio Hondjakoff • Ben Affleck • Jennifer Lawrence ♣ FALECIMENTOS • Euclides da Cunha • Joe Seneca

Dia do México • 16 de Setembro de 1810 • Independência

País localizado na América do Norte. Com um território que abrange quase 2 milhões de Km2, o México é o 14.º maior país do mundo. Sua capital é Cidade do México. Sua população é de 126 milhões de habitantes (2020). É o 11.º país mais populoso do mundo. É o segundo em PIB da América Latina. Seu IDH é 0,779 (74.º) – alto

Dia da Guatemala • 15 de Setembro de 1821 • Independência

País da América Central, com uma população estimada em cerca de 17,2 milhões de habitantes. É o país mais populoso da América Central. Sua capital é a Cidade da Guatemala. Seu IDH é de 0,663 (127.º) – médio. Sua história é marcada pela Civilização Maia clássica, que dominou a área onde está o país, até a conquista do Iucatã pelos espanhóis

Dia do Tadjiquistão • 9 de Setembro de 1991 • Independência

País montanhoso da Ásia Central. Sua capital é Duxambé. Sua população é de 9.275.827 habitantes. Seu IDH é de 0,668 (125.º) – médio. Sua história vem desde a Antiguidade, remontando a 3 000 a.C., primeiramente com os persas. Após a invasão de Alexandre, o Grande, os mongóis e turcos otomanos também a ocuparam

Dia da Macedônia do Norte • 8 de Setembro de 1991 • Independência

País localizado na península balcânica, no sudeste da Europa. É um dos estados sucessores da antiga Iugoslávia. Sua população é de 2.103.721 habitantes e seu IDH é de 0,757 (80.º) – alto. A história da região remonta à Antiguidade, começando com o reino de Peônia, provavelmente uma política mista traco-ilíria

Dia do Brasil • 7 de Setembro de 1822 • Independência

Maior país da América do Sul e o quinto maior do mundo em área territorial. É também, o sexto país em população, com mais de 213 milhões de habitantes. É o único país na América onde se fala a língua portuguesa, além de ser uma das nações mais multiculturais. Possui uma das maiores economias do Planeta e é sempre lembrado pelo futebol.

Dia de Essuatíni • 6 de Setembro de 1968 • Independência

Essuatíni é um país em desenvolvimento com uma economia pequena, baseada na agropecuária. Anteriormente conhecido como Suazilândia, é um país da África Austral, limitado por Moçambique e pela África do Sul. Sua população é de 1.343.098. Suas capitais são Mebabane (administrativa) e Lobamba (legislativa)

0 comentário em “Dia de Trinidad e Tobago • 31 de Agosto de 1962 • Independência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: