Biografias BLOG DIA HOJE

Nelson Xavier • 30 de Agosto de 1941 • Biografia

Ator e diretor brasileiro. Ao longo de cinco décadas de carreira, Nelson Xavier participou de trabalhos no teatro, TV e cinema. Chegou a cursar direito, mas a paixão pelo cinema mudo o estimulou a mudar de profissão. Interpretou os mais diferentes personagens, de Lampião a Chico Xavier

Nelson Agostini Xavier

(São Paulo, 30 de agosto de 1941Uberlândia, 10 de maio de 2017)

Ator e diretor brasileiro.

Ao longo de cinco décadas de carreira, Nelson Xavier participou de trabalhos no teatro, TV e cinema.[1]

Atuou no filme O Bom Burguês, dirigido por Oswaldo Caldeira, no ano de 1982. Trabalhou também em Eles não usam black-tie (1981), Narradores de Javé (2003) e vários outros filmes. Em 2010 ganhou maior destaque no cinema nacional ao participar da biografia do médium Chico Xavier, onde interpretou o papel principal.[2] Faleceu aos 75 anos vítima de um câncer de pulmão.

Carreira

Na Televisão

Em 1982 – Na mini série Lampião e Maria Bonita.

No Teatro

(lista incompleta)

No Cinema

Como diretor

Como ator

Prêmios e indicações

Festival de Gramado

  • Vencedor: melhor ator por O Testamento do Senhor Nepomuceno

Festival de Brasília

  • Vencedor: melhor ator

Nelson Agostini Xavier nasceu em São Paulo, em 30 de agosto de 1941.

Chegou a cursar direito, mas a paixão pelo cinema mudo o estimulou a mudar de profissão.

Nos anos 1950, entrou para a Escola de Artes Dramáticas da Universidade de São Paulo e também para o Teatro de Arena – um dos mais importantes grupos de artes cênicas daquela época.

Atuou, então, em suas primeiras peças, entre elas “Eles não usam black-tie” (1958), de Gianfrancesco Guarnieri, “Chapetuba Futebol Clube” (1959), de Oduvaldo Vianna Filho, “Gente como a gente” (1959), de Roberto Freire, e “Julgamento em Novo Sol” (1962), de Augusto Boal.

Nelson Xavier e Ângelo Antonio. Os dois interpretes de Chico Xavier no cinema, com Daniel Filho.

Nelson era tímido e chegou a acreditar que não tinha vocação para as artes dramáticas, queria trabalhar atrás das câmeras.

“Eu tive muita dificuldade em começar a fazer televisão. As máquinas eram enormes, eu tinha pavor, até tremia”, contou ao site Memória Globo.

Nessa época, também foi jornalista.

Com o diretor Eduardo Coutinho, trabalhou como revisor na revista “Visão”, onde passou a colaborar também como crítico de cinema e teatro.

Nelson Xavier e Ângelo Antonio. Os dois interpretes de Chico Xavier no cinema.

Cinema e TV


Após o golpe militar de 1964, que intensificou a censura ao teatro político, o ator passou a estar mais presente no cinema.

Até o fim dos anos 70, fez mais de 20 filmes, entre eles “O ABC do amor” (1967), de Eduardo Coutinho, Rodolfo Kuhn e Helvio Soto; “É Simonal” (1970) e “A culpa” (1972), de Domingos de Oliveira; “Dona Flor e seus dois maridos” (1976), de Bruno Barreto; e “A queda” (1978), de Ruy Guerra, que lhe rendeu um Urso de Prata no Festival de Berlim.

Sua primeira participação na TV foi como o personagem Zorba, na novela “Sangue e areia” (1967), de Janete Clair. Seis anos depois, conseguiu seu primeiro grande papel, em “João da Silva” (1973).

Nelson Xavier como Lampião, com Tânia Alves, como Maria Bonita.

Lampião e Maria Bonita foi uma minissérie brasileira produzida pela Rede Globo, cuja exibição ocorreu entre 26 de abril e 5 de maio de 1982, em 8 capítulos.

Escrita por Aguinaldo Silva e Doc Comparato, foi dirigida por Luís Antônio Piá e Paulo Afonso Grisolli. [1]

Nelson Xavier e Tânia Alves interpretaram os personagens principais, Lampião e Maria Bonita numa trama que narra os últimos meses de vida do cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva.

Foi a primeira experiência no formato minissérie feita pela Rede Globo.

A minissérie foi premiada com a medalha de ouro no Festival Internacional de Cinema e Televisão de Nova York. [4]

A Rede Globo reapresentou Lampião e Maria Bonita por cinco vezes: em março de 1984; em julho de 1988 (apenas para o Distrito Federal); em versão compacta de 5 capítulos, durante o Festival 25 anos, em 1990; em junho de 1991, na sessão Vale a Pena Ver de Novo com a mesma versão compacta de 5 capítulos, e em 22 de janeiro de 2015, no festival Luz, Câmera, 50 Anos, em uma edição especial, como telefilme, compactada em duas horas. [5] [6]

Na Bahia, gravou a minissérie “O pagador de promessas” (1988), dirigida por Tizuka Yamasaki, com autoria de Dias Gomes. Na trama, interpretou o gigolô Bonitão, que tentava seduzir a mocinha Rosa (Denise Milfont).

Nelson também fez novelas, entre elas “Pedra sobre pedra” (1992), “Irmãos coragem” (1995), “Senhora do destino” (2004) e “Babilônia” (2015).

Em 2010, Nelson interpretou Chico Xavier nos cinemas.

Na época, o ator afirmou que havia vivido ali seu melhor papel.

“Finalmente fiz o meu maior papel. Fui invadido por uma onda de amor tão forte, tão intensa, que levava às lágrimas”.

Contou Nelson Xavier, que no longa, viveu o líder espírita dos 59 aos 65 anos.

“Nenhum dos personagens que fiz mudou minha vida. O Chico fez uma revolução”.

CITAÇÃO

Nelson Xavier – Política e espiritualidade

“Minha formação é de esquerda, queria fazer a revolução. Os tempos eram outros. Hoje fico com as lições do Chico: a da solidariedade, do amai-vos uns aos outros.”

Nelson Xavier / Fonte: Mensagens com Amor.

Nelson Xavier

Nelson Agostini Xavier

(São Paulo, 30 de agosto de 1941 – Uberlândia, 10 de maio de 2017)

15 de Setembro • Dia Hoje • Edição 2021

Dia da Nicarágua, Guatemala, Honduras, El Salvador, Costa Rica, Democracia, Musicoterapeuta ♥ Aniversário de Ponta Grossa (PR) • Fernanda Torres • Marco Polo • Bocage • Marquês de Sapucaí • Renoir • Rubem Alves • Tommy L. Jones ♦ FATOS • Greenpeace ♣ ÓBITOS • Costinha • Ramone • Domingos Montagner • Roberto Leal

Carolina Dieckmann • 16 de Setembro de 1978 • Biografia

Atriz brasileira. Interpretou diversos personagens no teatro, cinema e televisão. Em maio de 2012, fotos íntimas da atriz foram publicadas na Internet. Por causa deste caso, uma lei foi criada, tipificando os chamados delitos ou crimes informáticos. A lei entrou em vigor no dia 02 de abril de 2013 e ficou conhecida como Lei Carolina Dieckmann

Fernanda Torres • 15 de Setembro de 1965 • Biografia

Atriz, escritora, produtora e roteirista brasileira. Possui vários trabalhos de sucesso, no cinema, teatro e TV. Ganhou diversos prêmios de melhor atriz. Admirada por seus papéis cômicos na TV, Fernanda é sempre lembrada por seu personagem ‘Vani’ de ‘Os Normais’. É filha do casal de atores Fernando Torres e Fernanda Montenegro

Joana Fomm • 14 de Setembro de 1939 • Biografia

Atriz brasileira, nascida em Belo Horizonte, ainda bebê vai para o Rio de Janeiro. Estreou no cinema em 1962, em “O 5º Poder”. Estreou na Globo em 1977, na telenovela “Sem Lenço, Sem Documento”, e no papel da vilã Yolanda Pratini, em “Dancin’ Days”, Joana se tornou uma das atrizes mais requisitadas do Brasil

Laura Cardoso • 13 de Setembro de 1927 • Biografia

Atriz brasileira, pioneira da televisão no país. Atuou em teleteatros, séries e novelas desde a década de 1950, na extinta TV Tupi. Estreou em 1952 com Tribunal do Coração. É uma das atrizes mais premiadas, e considerada como uma das maiores do Brasil. É a recordista em número de participações em telenovelas

Jesse Owens • 12 de Setembro de 1913 • Biografia

Atleta e líder civil norte-americano. Se tornou mundialmente conhecido ao
ganhar quatro medalhas de ouro nos 100 e 200m rasos, no salto em distância e no revezamento 4x100m, nos Jogos Olímpicos de 1936, em Berlim, na Alemanha nazista. Depois, ensinou novas gerações, palestrou e participou da luta por direitos civis por toda vida

Taraji P. Henson • 11 de Setembro de 1970 • Biografia

Premiada atriz estadunidense, mais conhecida por seus papéis como Yvette em Baby Boy (2001), Cookie Lyon em Empire (2015-2020), Shug em Hustle & Flow (2005), Queenie em Benjamin Button (2008) pelo qual foi indicada ao Oscar Melhor Atriz Coadjuvante. Também teve grande destaque em Estrelas Além do Tempo (Hidden Figures – 2016)

0 comentário em “Nelson Xavier • 30 de Agosto de 1941 • Biografia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: