2 - FEVEREIRO BLOG DIA HOJE MESES

21 de Fevereiro • Dia Hoje • Edição 2022

Dia do Imigrante Italiano e da Conquista do Monte Castelo ♥ Aniversário de Nina Simone • Roberto Gómez Bolaños • Alan Rickman • Renata Sorrah • William Petersen • William Baldwin • Norma Bengell • Barbara Jordan • Jennifer Love Hewitt • Elliot Page ♦ ÓBITOS • Baruch Espinoza • Malcolm X • Claudia Telles

DESTAQUES DO DIA

♥ NASCIMENTOS • Nina Simone • Roberto Gómez Bolaños • Alan Rickman • Renata Sorrah • William Petersen • William Baldwin • Norma Bengell • Barbara Jordan • Jennifer Love Hewitt • Elliot Page • Andrés Segovia ♦ ÓBITOS • Baruch Espinoza • Malcolm X • Claudia Telles

• Dia Nacional do Imigrante Italiano
• Dia Internacional da Língua Materna
• Dia da Conquista do Monte Castelo (1945)

FONTES

WIKIWANDIBGECALENDARR

CIDADES ANIVERSIANTES

• Jaicós (PI)
• São Carlos (SC)

Datas, fatos e os nascimentos mais importantes no Brasil e no Mundo, em todos os dias do ano, ilustrado com fotos e curiosidades.

FONTE ► WIKIWAND

NASCIMENTOS

1893Andrés Segovia, primeiro Marquês de Salobreña (Linares, Espanha, 21 de fevereiro de 1893[1]Madrid, 2 de junho de 1987) foi um violinista espanhol.

Considerado o pai do violão erudito moderno pela maioria dos estudiosos de música, muitos diziam que ele “resgatou o violão das mãos dos ciganos flamencos e construiu um repertório clássico para dar lugar ao instrumento em salas de concerto.

Muitos compositores fizeram obras especificamente para ele como Turina, Villa-Lobos, Castelnuovo-Tedesco e Pedrell.

Pablo Casals foi um grande admirador e apoiador de Segovia.


21-de-fevereiro-roberto-gomez-bolanos-diretor-escritor-roteirista-e-ator-mexicano

1929Roberto Gómez Bolaños ▒ Roberto Bolaños foi um premiado ator, cantor, comediante, compositor, desenhista, diretor, dramaturgo, engenheiro, escritor, filantropo, humorista, pintor, poeta, produtor de televisão, publicitário e roteirista mexicano.[1]

21-de-fevereiro-roberto-gomez-bolanos-diretor-escritor-roteirista-e-ator-mexicano

Tornou-se célebre, ganhando notoriedade internacional, por ter sido o criador e protagonista das séries televisivas El Chavo del Ocho e El Chapulín Colorado, e com o Programa Chespirito que ganhou o título de o programa número 1 da televisão humorística, as quais lhe trouxeram grande prestígio e garantiram-lhe o reconhecimento como um dos escritores comediantes mais respeitados de todos os tempos.[2][3][4]

Vídeo emocionante exibe homenagem de ‘Chaves’ à Roberto Bolanos

21-de-fevereiro-roberto-gomez-bolanos-diretor-escritor-roteirista-e-ator-mexicano-chapolin

O multitalentoso se formou em engenharia, mas o seu talento verdadeiro foi encontrado no meio artístico, razão pela qual nunca exerceu formalmente a profissão de engenheiro.

21-de-fevereiro-roberto-gomez-bolanos-diretor-escritor-roteirista-e-ator-mexicano-chapolin-chaves

Roberto Gómez Bolaños

mais conhecido como

Chespirito

(Cidade do México, 21 de fevereiro de 1929Cancún, 28 de novembro de 2014)


1935Norma Bengell, Norma Aparecida Almeida Pinto Guimarães d’Áurea Bengell (Rio de Janeiro, 21 de fevereiro de 1935 — Rio de Janeiro, 9 de outubro de 2013) foi uma atriz, cineasta, produtora, cantora e compositora brasileira.

Considerada uma das maiores musas do cinema e teatro brasileiro nas décadas de 1950, 1960 e 1970.

Norma gravou 64 filmes durante sua carreira, diversos deles na Europa.

Atuou em “O Pagador de Promessas” (1962), Palma de Ouro de melhor filme no Festival de Cannes.

Norma Bengell em manifestação contra a Ditadura militar, em 1968.


1936Barbara Jordan, Barbara Jordan (Houston, 21 de fevereiro de 1936 — Austin, 17 de janeiro de 1996) foi uma feminista, advogada, educadora, líder do movimento dos direitos civis dos negros nos EUA e representante do Texas no Congresso (1972-78).

Foi a primeira congressista afro-americana provinda do extremo sul do país.

Foi eleita pela revista de notícia Time como Pessoa do Ano em 1975, representando as Mulheres Americanas.


21-de-fevereiro-alan-rickman-ator-britanico

1946Alan Rickman ▒ Alan Sidney Patrick Rickman (Hammersmith, 21 de fevereiro de 1946 – Londres, 14 de janeiro de 2016) foi um premiado ator britânico, mais conhecido pelos filmes Duro de Matar e Robin Hood: O Príncipe dos Ladrões e pelo papel de Severo Snape na saga Harry Potter.


21-de-fevereiro-renata-sorrah-atriz-e-produtora-brasileira

1947Renata Sorrah ▒ Renata Sorrah, nome artístico de Renata Leonardo Pereira Sochaczewski- (Rio de Janeiro , 21 de fevereiro de 1947), é uma premiada e consagrada atriz de teatro, cinema e televisão e produtora teatral brasileira considerada uma das melhores atrizes do Brasil.

Embora seja mais conhecida pelo grande público por seus trabalhos nas telenovelas da TV Globo, onde eternizou grandes personagens femininas, ela atua no teatro nacional há mais de 40 anos e especializou-se sobretudo na interpretação dramática.


21-de-fevereiro-william-petersen-ator-norte-americano

1953William Petersen ▒ William Louis Petersen (Evanston, Illinois, 21 de Fevereiro de 1953) é um ator americano, conhecido pelo grande papel de Dr. Gilbert “Gil” Grissom na série CSI[1].


21-de-fevereiro-william-baldwin-ator-norte-americano

1963William Baldwin ▒ William Joseph “Billy” Baldwin (Massapequa, 21 de Fevereiro de 1963), mais conhecido como William Baldwin, é um ator dos Estados Unidos da América.

21 de Fevereiro - William Baldwin, Stephen Baldwin, Alec Baldwin e Daniel Baldwin.
(Da esquerda para direita) William Baldwin, Stephen Baldwin, Alec Baldwin e Daniel Baldwin.

É irmão dos atores Alec, Daniel e Stephen Baldwin.


1979Jennifer Love Hewitt, Jennifer Love Hewitt (nascida em 21 de Fevereiro de 1979) é uma atriz, produtora, diretora de televisão e cantora norte-americana.

Hewitt começou sua carreira como atriz infantil e cantora, aparecendo em comerciais de televisão antes de ingressar no elenco da série da Disney Channel Kids Incorporated (1989–1991), além de atuar como cantora de apoio.


1987 Elliot Page, Elliot Page (anteriormente Ellen Page; Halifax, 21 de fevereiro de 1987) é um ator, diretor e produtor canadense.

Page recebeu uma indicação ao Globo de Ouro e ao Oscar por seu papel como protagonista do filme Juno.

Na conferência Time to Thrive, em fevereiro de 2014, quando ainda se apresentava como mulher, Elliot assumiu ser homossexual.

Em frente à jovem plateia LGBT no Hotel e Cassino Bally’s, em Las Vegas, Elliot disse as seguintes frases:

“Me cansei de esconder, e me cansei de mentir por omissão. Estou aqui hoje porque sou lésbica, e porque talvez eu possa fazer a diferença.”

“Eu sofri durante anos, porque estava com medo de sair do armário. Meu espírito sofreu, minha saúde mental sofreu, meus relacionamentos sofreram. E eu estou aqui hoje, com todos vocês, no outro lado da dor.”


Nina Simone

Eunice Kathleen Waymon

(Tryon, 21 de fevereiro de 1933Carry-le-Rouet, 21 de abril de 2003

pianista, cantora, compositora e ativista pelos direitos civis dos negros norte-americanos.

É bastante conhecida nos meios musicais do jazz, mas trabalhou com diversos estilos musicais na vida, como música clássica, blues, folk, soul, R&B, gospel e pop.

O nome artístico foi adotado aos 20 anos, para que pudesse cantar blues escondida de seus pais, que não aceitavam sua opção de ser cantora, enquanto treinava para tornar-se uma pianista clássica, em bares de Nova York, Filadélfia e Atlantic City.

“Nina” veio do espanhol menina e “Simone” foi uma homenagem à atriz francesa da qual era fã, Simone Signoret.

Foi a sexta de oito filhos, Quando jovem foi impedida de ingressar no Instituto de Música Curtis na Filadélfia, apesar de ter cursado piano clássico no Juilliard School, em Nova York.

Também se destacou por posicionar-se contra o racismo na crescente onda que tomava os Estados Unidos na década de 1960.

Devido ao seu envolvimento, cantou no enterro de Martin Luther King.[1]

Depois de ser impedida de ser uma grande concertista através do conservatório, Nina permaneceu algum tempo em Nova York até ir para Atlantic City e, nessa cidade, trabalhando como pianista em um bar, cedia aos pedidos do dono para cantar enquanto tocava piano.

Em sua carreira, interpretou canções de diversos estilos, indo do gospel ao soul, e também compôs algumas canções.

Foi uma das primeiras artistas negras a ingressar na renomada Escola de Música de Juilliard, em Nova Iorque.

Sua canção Mississippi Goddamn tornou-se um hino ativista da causa negra.

Fala sobre o assassinato de quatro crianças negras em uma igreja de Birmingham em 1963.

BIOGRAFIA

Eunice Kathleen Waymon nasceu e foi criada em Tryon, na Carolina do Norte.

A sexta de oito filhos de uma família pobre e religiosa, ela começou a tocar piano aos 3 anos:

As primeiras canções que aprendeu foram: God Be With You e Till We Meet Again.

Demonstrando um talento natural com o instrumento, ela se apresentava na sua igreja local, que emprestava seus instrumentos musicais para os alunos pobres.

Seu concerto de estreia, um recital clássico, foi realizado no seu aniversário de doze anos, no palco da igreja. 

A mãe de Simone, Mary Kate Waymon, era uma ministra metodista e empregada doméstica.

O pai de Simone, John Divine Waymon, era um marceneiro, que também tinha o próprio negócio de limpeza a seco, apesar dos seus problemas respiratórios.

O patrão de Mary Kate, ao ouvir falar sobre o talento da sua filha, disponibilizou certa quantia para suas aulas de piano.[6]

Mais tarde um fundo local foi feito para permitir o prosseguimento da educação de Simone.

Com a ajuda do dinheiro dessas bolsas ela conseguiu frequentar a Allen High School for Girls na cidade de Asheville, na Carolina do Norte, cidade para a qual se mudou com a família aos dez anos de idade.

Simone percebeu que essa rejeição estava ligada diretamente à cor da sua pele, mesmo com a Curtis ter começado a aceitar candidatos negros na década de 1940 e do primeiro negro graduado ali ter sido George Walker em 1945, o qual viria a ganhar um Prêmio Pulitzer.[7]

Simone, então, em busca do seu grande sonho de trabalhar com a música, juntou dinheiro e mudou-se um ano depois, aos dezoito anos, para viver sozinha em Nova Iorque.

Na cidade grande, começou a trabalhar como garçonete em um restaurante.

Nesta época, após conseguir aulas gratuitas de piano em uma igreja, foi aprovada para estudar música em um Conservatório chamado Escola de Juilliard.

Luta por direitos civis (1964-1974)

Simone sempre incluiu canções que remetiam à sua origem afro-americana em seu repertório (como Brown Baby e Zungo no álbum Nina at the Village Gate, de 1962).

Em seu álbum de estreia na Philips, Nina Simone in Concert (gravação ao vivo de 1964), Simone pela primeira vez referiu-se à desigualdade social que prevalecia nos Estados Unidos com a canção Mississippi Goddamn.

Sua resposta ao assassinato de Medgar Evers e a explosão de uma igreja em Birmingham, Alabama, que matou quatro crianças negras.

A canção foi lançada como single e boicotada em alguns estados do sul.[14][15]

Old Jim Crow, no mesmo álbum, referia-se às leis de Jim Crow.

A partir de então, uma mensagem de direitos civis passou a estar presente nos repertórios de gravação de Simone, tornando-se parte das duas apresentações.

Simone apresentou-se e discursou em muitos encontros pelos direitos civis, incluindo nas marchas de Selma a Montgomery.[16]

Simone defendeu, durante esse período de direitos civis, uma revolução violenta contra o preconceito racial, contrastando com a abordagem não violenta de Martin Luther King,[17] e acreditava que os afro- americanos poderiam, através do combate armado, formar um estado separado.

Marchas de Selma a Montgomery

Realizou manifestações nas ruas e em frente a casa branca, batendo de porta em porta, chamando as pessoas para lutar contra o genocídio negro mundial, indo até à televisão pedir para os políticos que assinassem leis que modificasse a intolerância étnica que pairava sobre o país.

Em sua vida profissional, gravou para o álbum Pastel Blues (1965) a canção ‘Strange Fruit’, de Billie Holiday, uma canção sobre o linchamento de homens negros no sul.

Simone escreveu Four Women, uma canção sobre quatro estereótipos diferentes de mulheres afro-americanas,[14] e incluiu a gravação em seu álbum de 1966 Wild is the Wind. [1]

O álbum Nuff Said! (1968) contém gravações ao vivo do Westbury Music Fair, de 7 de abril de 1968, realizado três dias após a morte de Martin Luther King, Jr.

Dedicou toda a apresentação para ele e cantou Why? (The King Of Love Is Dead, uma canção escrita pelo seu baterista, Gene Taylor, pouco após de receberam a notícia da morte de King.[18]

No verão de 1969 ela apresentou-se no Harlem Cultural Festival, no Harlem’s Mount Morris Park.

Nina Simone com James Baldwin

Junto de Weldon Irvine, Simone transformou a peça inacabada To Be Young, Gifted and Black, de Lorraine Hansberry, em uma canção pelos direitos civis.

Hansberry foi uma amiga íntima a quem Simone creditou por cultivar a sua consciência social e política.

Apresentou a canção ao vivo no álbum Black Gold (1970).

Uma gravação em estúdio foi lançada como single e versões da canção foram gravadas por Aretha Franklin (em seu álbum Young, Gifted and Black, de 1972) e por Donny Hathaway.[14][19]

Nesta época optou por se afastar do que já conhecia, e também numa tentativa de expandir sua carreira, tendo morado de 1981 a 1985 em Estocolmo, na Suécia, e de 1986 a 1991 em Amsterdã, na Países Baixos, antes de se estabelecer em Paris, na França, em 1992, tendo se mudado para Carry-le-Rouet, no interior do país, em 1998.

Sua escolha de reportório manteve o seu ecletismo, indo de canções religiosos a Rich Girl, canção de Hall & Oates.

Quatro anos depois Simone gravou Fodder on My Wings em uma gravadora francesa.

Durante a década de 1980 Simone se apresentou com regularidade no Ronnie Scott’s Jazz Club, em Londres, onde gravou o álbum Live at Ronnie Scott’s em 1984.

Em 1985 a Dra. Nina Simone, como gostava de ser tratada, chegou ao Brasil para um festival de jazz no Rio de Janeiro, e marcou uma sessão de massagem com Adália Selket para antes do concerto.

Em 1987, a gravação de My Baby Just Cares for Me de 1958 foi usada em um comercial para o perfume Chanel Nº 5, no Reino Unido.

Isso acarretou um relançamento da gravação, que estourou na quarta posição na parada de singles do Reino Unido da NME, dando-lhe um breve ressurgimento à fama no Reino Unido.

Sua autobiografia, I Put a Spell on You, foi publicada em 1992.

Gravou seu último álbum, A Single Woman, em 1993.

A luta contra a bipolaridade

Sua saúde psicológica já estava debilitada há bastante tempo, quando, após muitos anos vivenciando difíceis relações com amigos e familiares, que ocasionaram crises de agressividade e isolamento social, Nina Simone foi diagnosticada tardiamente como sendo portadora de transtorno bipolar do tipo 2.

A doença não havia sido descoberta antes pois estava encoberta por uma forte depressão, com episódios leves de hipomania, que foram intensificando-se com o tempo.

Nina foi diagnosticada com depressão apenas com trinta anos de idade, onde nesta época iniciou tratamento com antidepressivos, mas seu tratamento não estava sendo eficaz pois não sofria de uma depressão pura, mas esta era um dos sintomas do transtorno bipolar, doença psiquiátrica que a acompanhava desde a adolescência, mas só foi descoberta e tratada no fim dos anos 80.

Devido a suas constantes crises agressivas e súbita agitação, fazendo os médicos desconfiarem enfim do porquê os antidepressivos não fazerem efeito.

Sua doença psiquiátrica prejudicou muito a evolução de toda a sua carreira e as suas relações pessoais.

Com o diagnóstico de bipolaridade, passou a tomar medicamentos estabilizadores do humor.

Nesta época precisou ser internada por diversas vezes para conter suas crises de ansiedade e pânico, onde também ocorriam recorrentes tentativas de suicídio.

Para manter-se estável, iniciou tratamento com ansiolíticos e lítio, mantendo os antidepressivos, e passou a fazer tratamento psiquiátrico e psicoterápico.

Em entrevistas, revelou não ter um motivo específico do que originava seus problemas emocionais, pois não possuía traumas, apenas sentia intensa solidão e angústia a todo momento, não sabendo o porque de fato era tão emocionalmente instável e agressiva.[24]

21-de-fevereiro-nina-simone-cantora-e-compositora-norte-americana

De acordo com um biógrafo, Simone tomava medicação controlada desde meados da década de 1960.[28]

Tudo isso era conhecido somente por um pequeno grupo de amigos íntimos, e mantido longe da visão pública por muitos anos, até a biografia Break Down and Let It All Out, escrita por Sylvia Hampton e David Natha, revelar isso em 2004, após seu falecimento.

Em 1985, disparou uma arma contra um executivo a quem ela acusou de roubar royalties.

Simone disse que “tentou matá-lo”, mas “errou o alvo”.[26]

Em 1995, atirou e feriu o filho de um vizinho com uma pistola pneumática depois da risada do garoto ter atrapalhado a sua concentração.[27]

O Câncer e o Falecimento

Vivendo sozinha desde 1981, em diversos países, em casas e apartamentos alugados, passou a viver em Paris em 1992.

Em 1993 comprou uma mansão na cidade de Aix-en-Provence, no sul da França. Poucos meses depois, em exames de rotina, descobriu estar com um avançado câncer de mama, o que a deixou extremamente deprimida. Iniciou nesta época um tratamento de quimioterapia.

Vivendo em sua mansão, acabou por sentir ser desnecessário viver num espaço tão grande estando completamente só.

Vendeu-a em 1998, decidindo mudar-se, em busca de um tratamento mais forte.

Comprou, então, uma casa em Carry-le-Rouet.

Ali iniciou uma radioterapia.

Nesta época perdeu os cabelos e necessitou realizar uma mastectomia.

Muito debilitada e infeliz, não queria receber a visita nem da filha, nem dos netos, muito menos de amigos ou irmãos.

Optou por isolar-se.

Apesar do bom tratamento e o câncer não evoluir, a doença não foi totalmente vencida, iniciando um processo metastático, que espalhou-se por todos seus órgãos.

Após dez anos lutando contra o câncer, Nina Simone, ainda com uma carreira em ascensão, faleceu dormindo em sua residência na cidade de Carry-le-Rouet, em 21 de abril de 2003.

Em seu funeral compareceram as cantoras Miriam Makeba e Patti LaBelle, a poetisa Sonia Sanchez, o ator Ossie Davis e centenas de outras celebridades.

As cinzas de Simone foram espalhadas em vários países africanos, como era seu desejo.

Nina Simone com a filha Lisa Simone ainda criança, e à direita, Lisa já adulta.

A artista teve somente uma única filha, chamada Lisa Simone Waymon Stroud, que, apesar de ter trabalhado nas forças armadas por dez anos, decidiu seguir os passos artísticos da mãe, e tornou-se atriz, compositora e cantora.

A jovem atuou na Broadway em Aida.[25]

A genialidade

Nina Simone era conhecida por de ser volúvel, imprevisível, impaciente, muito introspectiva e às vezes mal humorada. Defeitos e ingredientes que também encontramos em vários outros gênios.

Mas era, ao mesmo tempo, incrivelmente talentosa, inteligente, sincera e criativa.

Sua obra deixa um relato preciso do mundo em que viveu.

Suas interpretações e opiniões tinham sempre, o máximo que a alma pode dar.

Nina Revisited, an all-star tribute to Nina Simone, comes out July 10.

Nina Simone

Eunice Kathleen Waymon

(Tryon, 21 de fevereiro de 1933Carry-le-Rouet, 21 de abril de 2003

pianista, cantora, compositora e ativista pelos direitos civis dos negros norte-americanos.

EVENTOS HISTÓRICOS

FALECIMENTOS

21-de-fevereiro-baruch-espinoza-filosofo-neerlandes

1677Baruch Espinoza ▒ Baruch de Espinoza (24 de novembro de 1632, Amsterdã — 21 de fevereiro de 1677, Haia) foi um dos grandes racionalistas do século XVII dentro da chamada Filosofia Moderna, juntamente com René Descartes e Gottfried Leibniz.

Nasceu em Amsterdã, nos Países Baixos, no seio de uma família judaica portuguesa e é considerado o fundador do criticismo bíblico moderno.


21-de-fevereiro-malcolm-x-ativista-norte-americano

1965Malcolm X ▒ Al Hajj Malik Al-Shabazz, mais conhecido como Malcolm X (originalmente registrado Malcolm Little; Omaha, 19 de maio de 1925 — Nova Iorque, 21 de fevereiro de 1965), foi um dos maiores defensores do Nacionalismo Negro nos Estados Unidos.

21-de-fevereiro-malcolm-x-ativista-norte-americano

Fundou a Organização para a Unidade Afro-Americana, de inspiração separatista.


2020Claudia Telles, Cláudia Telles de Mello Mattos (Rio de Janeiro, 26 de agosto de 1957 – Ibid., 21 de fevereiro de 2020) foi uma cantora, compositora e instrumentista brasileira, de ascendência portuguesa e francesa, intérprete de canções românticas, dentre elas as mais tocadas: “Fim de Tarde” e “Eu Preciso Te Esquecer”.

FERIADOS e EVENTOS CÍCLICOS

▒ TRAGÉDIAS da HUMANIDADE

▒ BIO INTERNACIONAL

GALERIA de FOTOS

Legião Urbana • Maiores Sucessos • R$ 10,08 • Download Mp3

Coletânea de músicas da Legião Urbana, com Renato Russo nos vocais. São 18 músicas em Mp3 para download, por R$ 10,08 ♥ Eduardo e Monica • Angra dos Reis • Ainda é cedo • Tempo perdido • Será • Que país é esse • Pais e filhos • Quando o sol bater na janela • Teatro dos Vampiros • Meninos e Meninas • Índios • Eu sei • Há tempos

Bob Marley • Legend • R$ 7,84 • Download Mp3

Coletânea com os maiores sucessos de Bob Marley e The Wailers, do álbum Legend. São 14 músicas em Mp3 para download, por R$ 7,84 ♥ Is This Love • Three Little Birds • Buffalo Soldier • Get Up, Stand Up • Stir It Up • One Love • I Shot The Sheriff • Redemption Song • Satisfy My Soul • Exodus • Jammin’ • Could You Be Loved • No Woman No Cry

21 de Fevereiro – Acontecimentos do Dia

☺ DESTAQUES DE HOJE ▒ NASCIMENTOS • Roberto Gómez Bolaños • Nina Simone • Alan Rickman • Renata Sorrah • William Petersen • William Baldwin ▒ FALECIMENTOS • Baruch Espinoza • Malcolm X

21 de Maio • Dia Hoje • Edição 2022

Dia da Língua Nacional e da Diversidade Cultural ♥ Aniversário de Maria Fernanda Cândido • Roberto Frejat • Alexander Pope • Henri Rousseau • Andrei Sakharov • Gracindo Júnior • Nick Cassavetes • Fabiana Scaranzi • Fairuza Balk • Paloma Duarte ♦ CIDADE • Tombos (MG) ♣ ÓBITOS • Rajiv Gandhi • Ruy Mesquita

0 comentário em “21 de Fevereiro • Dia Hoje • Edição 2022

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: