1 - JANEIRO BLOG DIA HOJE MESES

17 de Janeiro • Dia Hoje • Edição 2022

Dia da 1ª Universidade do Brasil (UFMA), do Ceará e dos Tribunais de Contas ♥ Aniversário de Muhammad Ali • Taumaturgo Ferreira • Jim Carrey • Michelle Obama • Benjamin Franklin • Stanislavski • Cus D'Amato • Jorge Mautner • Mel Lisboa ♦ ÓBITOS • Joaquim Nabuco • Tarsila do Amaral • Manuel Fiel Filho • Bezerra da Silva • Bobby Fischer

DESTAQUES DO DIA

♥ NASCIMENTOS • Muhammad Ali • Taumaturgo Ferreira • Jim Carrey • Michelle Obama • Benjamin Franklin • Constantin Stanislavski • Cus D’Amato • James Earl Jones • Jorge Mautner • Mel Lisboa ♦ ÓBITOS • Antão do Deserto • Joaquim Nabuco • Tarsila do Amaral • Manuel Fiel Filho • Bezerra da Silva • Bobby Fischer

• Aniversário da Escola Universitária Livre de Manáos – UFAM (hoje)
• Dia dos Tribunais de Contas do Brasil
• Aniversário da Emancipação do Ceará

FONTES

WIKIWANDIBGECALENDARR

CIDADES ANIVERSIANTES

• Arame (MA)
• Baía Formosa (RN)
• Itiúba (BA)
• Padre Marcos (PI)
• Palmeirândia (MA)
• Tobias Barreto (SE)

Datas, fatos e os nascimentos mais importantes no Brasil e no Mundo, em todos os dias do ano, ilustrado com fotos e curiosidades.

FONTE ► WIKIPÉDIA

NASCIMENTOS

17-de-janeiro-benjamin-franklin-escritor-estadista-e-inventor-norte-americano

1706Benjamin Franklin ▒ Benjamin Franklin (Boston, 17 de janeiro de 1706 — Filadélfia, 17 de abril de 1790) foi um jornalista, editor, autor, filantropo, abolicionista, funcionário público, cientista, diplomata, inventor e enxadrista estadunidense. Foi um dos líderes da Revolução Americana, conhecido por suas citações e experiências com a eletricidade.


17-de-janeiro-constantin-stanislavski-ator-e-diretor-russo

1863Constantin Stanislavski ▒ Constantin Sergeievich Alexeiev(nome de batismo), em russo Константин Сергеевич Алексеев, (Moscou, 5 de janeiro de 1863 — Moscou, 7 de agosto de 1938), mais conhecido por Constantin Stanislavski, em russo Константин Станиславский foi um ator, diretor, pedagogo e escritor russo de grande destaque entre os séculos XIX e século XX.

O MÉTODO de STANISLAVSKY


17-de-janeiro-cus-damato-treinador-de-boxe-norte-americano

1908Cus D’Amato ▒ Constantine D’Amato, ou Cus D’Amato (17 de Janeiro de 1908 – 4 de Novembro de 1985), foi um treinador e empresário de boxeadores, que gerenciou as carreiras de Floyd Patterson, José Torres e, inicialmente, a de Mike Tyson. Muitos treinadores modernos, tais como Teddy Atlas, Kevin Rooney e Joe Fariello, foram aprendizes de D’Amato.


17-de-janeiro-james-earl-jones-ator-norte-americano

1931James Earl Jones ▒ James Earl Jones (Arkabutla, Mississippi, 17 de Janeiro de 1931) é um ator e dublador norte-americano indicado ao Oscar. Desde sua estréia na Broadway, em 1957, Jones passou mais de cinco décadas como “um dos atores mais ilustres e versáteis da América” e tem sido chamado de “um dos maiores atores da história americana”.


17-de-janeiro-jorge-mautner-musico-brasileiro

1941Jorge Mautner ▒ Jorge Mautner, nome artístico de Henrique George Mautner (Rio de Janeiro, 17 de janeiro de 1941), é um cantor, compositor e escritor brasileiro.


17-de-janeiro-taumaturgo-ferreira-ator-brasileiro

1956Taumaturgo Ferreira ▒ Antônio Taumaturgo Soares Ferreira (São Paulo, 17 de janeiro de 1956) é um ator brasileiro e representante comercial do setor calçadista. Ele já trabalhou nas emissoras: Rede Globo, Rede Record, HBO, SBT, Rede Manchete e Rede Bandeirantes.


17-de-janeiro-jim-carrey-ator-canadense

1962Jim Carrey ▒ James Eugene Carrey, mais conhecido como Jim Carrey (Newmarket, 17 de janeiro de 1962) é um premiado ator, comediante, roteirista e produtor canadense, conhecido por interpretar papéis cômicos em filmes como Ace Ventura, Debi e Loide, O Máscara, O Pentelho, O Mentiroso, Eu, Eu Mesmo e Irene, Todo Poderoso, Desventuras em Série e As Loucuras de Dick e Jane. Carrey também atingiu sucesso de críticas em interpretações dramáticas em filmes como: The Truman Show, Man on the Moon e Eternal Sunshine of the Spotless Mind.


17-de-janeiro-michelle-obama-escritora-primeira-dama-norte-americana

1964Michelle Obama ▒ Michelle LaVaughn Robinson Obama (Chicago, 17 de janeiro de 1964) é uma advogada e escritora norte-americana.

É a esposa do 44º presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e a 46ª primeira-dama dos Estados Unidos, sendo a primeira afro-descendente a ocupar o posto além de ser a primeira-dama mais popular dos últimos tempos.

17-de-janeiro-michelle-obama-escritora-primeira-dama-norte-americana


mel-lisboa-atriz-brasileira

1982Mel Lisboa ▒ Mel Lisboa Alves (Porto Alegre, 17 de janeiro de 1982) é uma atriz e apresentadora brasileira, mais conhecida pela personagem Anita de “Presença de Anita”, o que a tornou símbolo sexual durante a década de 2000.

17-de-janeiro-mel-lisboa-atriz-brasileira


Muhammad Ali

Muhammad Ali-Haj, nascido Cassius Marcellus Clay Jr. (Louisville, 17 de janeiro de 1942Scottsdale, 3 de junho de 2016),[2] foi um desportista pugilista estadunidense.

É considerado um dos melhores da história do esporte, eleito “O Desportista do Século” pela revista estadunidense Sports Illustrated em 1999.[3]

Biografia

 

Infância e carreira amadora

Cassius Marcellus Clay, Jr., nasceu em 17 de janeiro de 1942 em Louisville, Kentucky, Estados Unidos.

O mais velho de dois irmãos, tinha o mesmo nome do pai, Cassius Marcellus Clay, Sr., que fora nomeado em homenagem ao político abolicionista homônimo e era pintor de outdoors. Sua mãe, Odessa O’Grady Clay, era empregada doméstica.

Cassius Sr. era metodista, mas aceitou que Odessa convertesse Cassius Jr. e seu irmão Rudolph “Rudy” Clay (depois renomeado Rahman Ali) à Igreja Batista.

Ele era descendente de escravos afro-americanos do sul estadunidense e também de irlandeses e ingleses.

Clay teve seu primeiro contato com o boxe por intermédio do chefe de polícia e técnico de boxe Joe E. Martin, em Louisville, que o encontrou com 12 anos batendo em um ladrão que estava roubando sua bicicleta.

Ele disse ao oficial que ele estava fazendo “whup” no ladrão.[4] O oficial lhe disse para aprender boxe. Nos seus últimos quatro anos de carreira amadora, Clay tinha treinado com Chuck Bodak.

Clay ganhou seis títulos Golden Gloves de Kentucky, dois títulos Golden Gloves nacionais e o título nacional do Amateur Athletic Union, e a medalha de ouro do Meio-Pesado nas Olimpíadas de Verão de 1960, em Roma.[5]

Conquistou o título mundial de campeão dos pesos pesados, ao derrotar Sonny Liston em 1964.

Perdeu o título mundial em 1967 e foi proibido de atuar por três anos e meio por ter se recusado a lutar no Vietnã.

Recuperou o posto ao ser reabilitado, mas logo perdeu para Joe Frazier.

Ganhou de novo o título em 1974 ao vencer George Foreman em luta realizada no Zaire (retratada no documentário “Quando éramos Reis” e no filme “Ali”), perdeu-o em 1978 para Leon Spinks e em seguida retomou-o de Spinks. Retirou-se do boxe quando ainda era campeão.

The Super Fight

Embora banido de lutas sancionadas, Ali liquidou um processo de $ 1 milhão contra o produtor de rádio Murray Woroner aceitando $ 10.000 para aparecer em uma luta privada de fantasia encenada contra o campeão aposentado Rocky Marciano.

Em 1969, os boxeadores foram filmados lutando por cerca de 75 rodadas de um minuto; eles produziram vários resultados potenciais.[6]

Um programa de computador supostamente determinou o vencedor, com base em dados sobre os lutadores, juntamente com as opiniões de aproximadamente 250 especialistas em boxe.

Versões editadas da luta foram exibidas nos cinemas em 1970.

Na versão norte-americana Ali perdeu no nocaute simulado no 13º round, mas na versão europeia Marciano perdeu por cortes, também simulados.[7]

Ali sugeriu que o preconceito determinou sua derrota na versão norte-americana.

Ele teria dito, brincando: “Esse computador foi feito no Alabama.”[8]

No entanto, esta aposentadoria foi de curta duração; Ali anunciou seu retorno para enfrentar o novo campeão mundial Larry Holmes na disputa pelo cinturão em uma tentativa de ganhar o campeonato de pesos pesados uma quarta vez sem precedentes.

A luta foi motivada pela necessidade de dinheiro de Ali, que recebeu 8 milhões de dólares, o maior cachê da História do esporte até então.

O escritor de boxe Richie Giachetti disse: “Larry não queria lutar contra Ali. Ele sabia que Ali não tinha nada, sabia que seria um horror.”

A luta ocorreu em 2 de outubro de 1980, com Holmes facilmente dominando Ali, que estava enfraquecido pela medicação para a tireoide que ele tinha tomado para perder peso.

Giachetti chamou a luta de “Terrível … o pior evento esportivo que já tive que cobrir.” O ator Sylvester Stallone, que estava assistindo a luta na primeira fila ao lado do ringue, disse que “Foi como assistir a autópsia de um homem que ainda estava vivo.”

O treinador de Ali, Angelo Dundee, finalmente parou a luta no intervalo após o 11° assalto, a única luta que Ali perdeu por nocaute.

O nocaute técnico marcou o fim do prestígio de Ali.

Apesar das súplicas para se aposentar definitivamente, Ali lutou uma última vez em 11 de dezembro de 1981, em Nassau, Bahamas, contra Trevor Berbick, perdendo por pontos numa decisão de 10 assaltos.

Ali foi o único boxeador que até hoje suportou 12 assaltos com o maxilar quebrado (luta com Ken Norton, em 1973).

Convicções religiosas e posições políticas

Converteu-se ao Islamismo (mudando de nome para Muhammad Ali-Haj) e lutou contra o racismo.

Ali dizia que a primeira vez em que ouviu falar da Nation of Islam foi quando estava competindo pelas Golden Gloves em Chicago, em 1959.

Foi à sua primeira reunião na Nation of Islam em 1961. Continuou a frequentar as reuniões, mas manteve esse envolvimento fora do conhecimento do público. Em 1962, encontrou-se com Malcolm X, que viria a se tornar seu mentor espiritual e político.[9]

Na época de sua primeira luta com Liston, membros da Nation of Islam, incluindo Malcolm X, eram vistos em seu entourage.

Isso levou a uma reportagem do Miami Herald, publicada pouco antes da luta, revelando que ele havia aderido à Nation of Islam, o que quase levou a luta a ser cancelada.

Muhammad Ali pode ser considerado o primeiro esportista a aliar esporte e política.

Exemplo disso foi seu desempenho antes da luta com George Foreman no Zaire.

Ali utilizou todo seu conhecimento do pan-africanismo para se colocar como o lutador da África, enquanto Foreman ficou como símbolo da alienação negra estadunidense, episódio este retratado no filme “Quando Éramos Reis”, de 1974.

Ali entrou para história da década de 1960, quando se negou a lutar na Guerra do Vietnã.

“Nenhum vietcongue me chamou de crioulo, porque eu lutaria contra ele?”.

Em 1967, quando, juntamente com Martin Luther King (de quem era amigo), esteve em Louisville para apoiar a luta da população local por moradia, quando declarou:[10]

“Por que me pedem para vestir um uniforme e me deslocar 10 000 milhas para lançar bombas e balas no povo marrom do Vietnam, enquanto os negros de Louisville são tratados como cachorros, sendo-lhes negados os mais elementares direitos humanos? 

Não, não vou viajar 10 000 milhas para ajudar a assassinar e queimar outra nação pobre para que simplesmente continue a dominação dos senhores brancos sobre os povos de cor mais escura mundo afora. É hora de tais males chegarem ao fim.

Fui avisado de que essa atitude me custaria milhões de dólares. Mas eu já disse isso uma vez e vou dizer de novo. O inimigo real do meu povo está aqui. Não vou desgraçar minha religião, meu povo ou a mim mesmo tornando-me um instrumento para escravizar aqueles que estão lutando por justiça, liberdade e igualdade…

Se eu pensasse que a guerra traria liberdade e igualdade a 22 milhões de pessoas do meu povo, eles não precisariam me obrigar, eu me juntaria a eles amanhã mesmo. Não tenho nada a perder por sustentar minhas crenças. Então, vou para a prisão, e daí? Nós estivemos na prisão por 400 anos.”

17-de-janeiro-muhammad-ali-pugilista-estadunidense

Monitoramento pela NSA

Em uma operação secreta denominada “Projeto MINARET”, a National Security Agency (NSA) monitorou as comunicações de várias personalidades estadunidenses, incluindo Ali, os senadores Frank Church e Howard Baker, Dr. Martin Luther King, Jr., além de jornalistas proeminentes e outros que criticavam as ações dos Estados Unidos no Vietnã.[10][11]

A falta de supervisão judicial do programa de espionagem levou até mesmo a própria NSA a concluir que Minarete era “desonroso, senão totalmente ilegal”.[11]

Últimos anos

 

Nos últimos anos de vida, Muhammad Ali teve a doença de Parkinson, diagnosticada no início da década de 1980.

Em 2010, foi a Israel para tratar a doença.

O trabalho foi feito com células-tronco adultas. Os testes até então realizados com ratos tiveram sucesso, mas sua eficácia em seres humanos ainda será testada.

Em 2001, Will Smith interpretou Muhammad Ali no filme Ali.

Por diversas vezes, anunciou-se a luta entre Ali, o campeão mundial dos profissionais, contra o cubano Teófilo Stevenson, campeão mundial dos amadores e campeão olímpico, mas, devido a problemas técnicos e políticos, essa luta jamais ocorreu.

Em 2010, Muhammad junto com a cantora Christina Aguilera fizeram a propaganda em prol das vítimas do terremoto que destruiu o Haiti.

Morte

 

Muhammad Ali morreu nos Estados Unidos, aos 74 anos, no dia 3 de junho de 2016, vítima de uma doença degenerativa.[1]

Estava internado com graves problemas respiratórios em um hospital de Phoenix, cidade onde vivia, quando sua morte foi declarada. A família divulgou nota à imprensa que dizia que “depois de uma batalha de 32 anos contra o mal de Parkinson, Muhammad Ali se foi aos 74 anos”.[12]

Em 4 de junho de 2016, um porta-voz da família informou, em entrevista coletiva, que Muhammad Ali morreu por conta de um choque séptico devido a causas naturais não especificadas.[13]

Repercussão

Nos Estados Unidos, Dave Zirin, autor de um livro sobre Ali – “What’s My Name, Fool? Sports and Resistance in the United States” – e editor de esportes da revista The Nation, acompanhou o funeral de Ali em Louisville, ocasião em que declarou que: [14]

“Este funeral é, em vários aspectos, o último ato de resistência de Muhammad Ali, porque faz o país se juntar para honrar o mais famoso muçulmano do mundo, no momento em que um candidato presidencial concorre com um programa marcado por um bigotismo abjeto contra o povo muçulmano, e o outro candidato é alguém que orgulhosamente tem apoiado as guerras no Oriente Médio.”

No mesmo dia 4 de junho, Zirin também publicou um artigo no The Nation intitulado “‘I Just Wanted to Be Free’: The Radical Reverberations of Muhammad Ali”.

Muhammad Ali

Muhammad Ali-Haj, nascido Cassius Marcellus Clay Jr.

(Louisville, 17 de janeiro de 1942Scottsdale, 3 de junho de 2016),

desportista pugilista estadunidense

EVENTOS HISTÓRICOS

FALECIMENTOS

17-de-janeiro-antao-do-deserto-religioso-egipcio

356Antão do Deserto ▒ Santo Antão do Deserto, também conhecido como Santo Antão do Egito, Santo Antão, o Grande, Santo Antão, o Eremita, Santo Antão, o Anacoreta, ou ainda O Pai de Todos os Monges, foi um santo cristão do Egito, um líder de destaque entre os Padres do Deserto. Ele é cultuado em muitas igrejas nos seguintes dias de festa: 30 de Janeiro no velho-calendário da Igreja Ortodoxa e da Igreja Ortodoxa Copta; 17 de Janeiro, no novo calendário da Igreja Ortodoxa, na Igreja Ortodoxa Búlgara, na Igreja Católica Romana e na Igreja Católica Copta.


17-de-janeiro-joaquim-nabuco-politico-diplomata-historiador-jurista-e-jornalista-3

1910Joaquim Nabuco ▒ Joaquim Aurélio Barreto Nabuco de Araújo (Recife, 19 de agosto de 1849 – Washington, 17 de janeiro de 1910) foi um político, diplomata, historiador, jurista, orador e jornalista brasileiro formado pela Faculdade de Direito do Recife. Foi um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras.


17-de-janeiro-tarsila-do-amaral-pintora-brasileira

1973Tarsila do Amaral ▒ Tarsila do Amaral (Capivari, 1 de setembro de 1886 — São Paulo, 17 de janeiro de 1973) foi uma pintora e desenhista brasileira e uma das figuras centrais da pintura e da primeira fase do movimento modernista no Brasil, ao lado de Anita Malfatti. Seu quadro Abaporu, de 1928, inaugura o movimento antropofágico nas artes plásticas.


17-de-janeiro-manuel-fiel-filho-operario-metalurgico-brasileiro

1976Manuel Fiel Filho ▒ Manoel Fiel Filho (Quebrangulo, 7 de janeiro de 1927 — São Paulo, 17 de janeiro de 1976) foi um operário metalúrgico brasileiro morto durante o Regime Militar no Brasil


17-de-janeiro-bezerra-da-silva-cantor-e-compositor-brasileiro

2005Bezerra da Silva ▒ José Bezerra da Silva (Recife, 23 de fevereiro de 1927 — Rio de Janeiro, 17 de janeiro de 2005) foi um cantor, compositor, violonista, percussionista e intérprete brasileiro dos gêneros musical coco e samba, em especial de partido-alto. No princípio, dedicava-se a gêneros nordestinos, principalmente o coco até se transformar em um dos principais expoentes do samba nos anos seguintes.


17-de-janeiro-bobby-fischer-enxadrista-estadunidense

2008Bobby Fischer ▒ Robert James “Bobby” Fischer (Chicago, 9 de março de 1943 – Reykjavík, 17 de janeiro de 2008) foi um grande mestre de xadrez estadunidense e décimo primeiro campeão mundial de xadrez. É considerado por muitos o maior enxradista de todos os tempos.

▒ TRAGÉDIAS da HUMANIDADE

GALERIA de FOTOS

Legião Urbana • Maiores Sucessos • R$ 10,08 • Download Mp3

Coletânea de músicas da Legião Urbana, com Renato Russo nos vocais. São 18 músicas em Mp3 para download, por R$ 10,08 ♥ Eduardo e Monica • Angra dos Reis • Ainda é cedo • Tempo perdido • Será • Que país é esse • Pais e filhos • Quando o sol bater na janela • Teatro dos Vampiros • Meninos e Meninas • Índios • Eu sei • Há tempos

Bob Marley • Legend • R$ 7,84 • Download Mp3

Coletânea com os maiores sucessos de Bob Marley e The Wailers, do álbum Legend. São 14 músicas em Mp3 para download, por R$ 7,84 ♥ Is This Love • Three Little Birds • Buffalo Soldier • Get Up, Stand Up • Stir It Up • One Love • I Shot The Sheriff • Redemption Song • Satisfy My Soul • Exodus • Jammin’ • Could You Be Loved • No Woman No Cry

17 de Janeiro – Acontecimentos do Dia

☺ DESTAQUES DE HOJE ▒ NASCIMENTOS • Benjamin Franklin • Constantin Stanislavski • Cus D’Amato • James Earl Jones • Jorge Mautner • Muhammad Ali • Taumaturgo Ferreira • Jim Carrey • Michelle Obama • Mel Lisboa ▒ FALECIMENTOS • Antão do Deserto • Joaquim Nabuco • Tarsila do Amaral • Manuel Fiel Filho • Bezerra da Silva • Bobby Fischer

21 de Maio • Dia Hoje • Edição 2022

Dia da Língua Nacional e da Diversidade Cultural ♥ Aniversário de Maria Fernanda Cândido • Roberto Frejat • Alexander Pope • Henri Rousseau • Andrei Sakharov • Gracindo Júnior • Nick Cassavetes • Fabiana Scaranzi • Fairuza Balk • Paloma Duarte ♦ CIDADE • Tombos (MG) ♣ ÓBITOS • Rajiv Gandhi • Ruy Mesquita

0 comentário em “17 de Janeiro • Dia Hoje • Edição 2022

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: