Criolo Define o Brasil em Londres

BBC Brasil – ‘Cada corrupto que se dá bem é um moleque da minha quebrada assassinado’, diz Criolo. Para Criolo, ambiente de rancor no Brasil impulsionado pela crise política é “chuva de ódio” que fortalece racismo e homofobia. Continuar lendo Criolo Define o Brasil em Londres

Dia da Consciência Nacional – 11 de Agosto

A ideia de pertencer a um povo ou nação foi obtida a partir de uma profunda mudança mental por parte das populações que habitavam o território de um Estado soberano. A construção de uma consciência nacional  foi um processo gradual. Primeiramente, a propaganda nacionalista mobilizou as elites dominantes; em seguida, as classes médias urbanas instruídas e, finalmente, as camadas populares. A formação dos Estados modernos foi obra de juristas e teóricos do Direito, enquanto que a nação e o nacionalismo foram obras de intelectuais e acadêmicos. É prática comum e habitual nos livros didáticos de história o emprego dos termos … Continuar lendo Dia da Consciência Nacional – 11 de Agosto

Gramsci contra a Indiferença

“Será possível amar a coletividade sem nunca ter amado profundamente criaturas humanas individuais?” Antonio Gramsci Antonio Gramsci (22 de janeiro de 1891 – 27 de abril de 1937), comunista italiano, filósofo e teórico da política. Foi o mais célebre prisioneiro do fascismo de Mussolini, entre 1926 e 1937. ver biografia na wikipéida  /  ver citações na wikiquote Os Indiferentes por Antonio Gramsci   Odeio os indiferentes. Acredito que viver significa tomar partido.   Indiferença é apatia, parasitismo, covardia. Não é vida.   Por isso, abomino os indiferentes. Desprezo os indiferentes, também, porque me provocam tédio as suas lamúrias de eternos … Continuar lendo Gramsci contra a Indiferença