Tiradentes – Um Herói Escolhido 100 anos Depois

A historiografia brasileira é cheia de paradoxos. Complexos de inferioridade e síndromes de catástrofe envolvem a cultura nacional. Episódio que marca bem essas incoerências foi o da transformação do alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, em herói nacional, um século depois da sua execução na forca (1789), por conspirar contra a corte portuguesa. Até 1890, Tiradentes era apenas um mestiço pobre, oficial subalterno – alferes corresponderia hoje a 2º tenente -, um falastrão inculto que complicou a vida de poetas, doutores e sacerdotes como Thomaz Antonio Gonzaga, Ignácio Alvarenga Peixoto e Cláudio Manoel da Costa, membros da maçonaria. … Continuar lendo Tiradentes – Um Herói Escolhido 100 anos Depois